A força do Interior: Caxias e Ypiranga decidem a semifinal da Taça Ewaldo Poeta

A força do Interior: Caxias e Ypiranga decidem a semifinal da Taça Ewaldo Poeta

Neste domingo (16), Às 16 horas, no Estádio Centenário, teremos a segunda semifinal da Taça Ewaldo Poeta. Caxias e Ypiranga decidem quem avançará para a final, enfrentando o Grêmio na decisão de primeiro turno do Gauchão. 

O mandante é o Caxias. A equipe treinada por Rafael Lacerda terminou a fase de grupos na primeira colocação do Grupo B, superando o Grêmio, equipe no qual derrotou por 2 a 0 fora de casa na abertura do campeonato. O treinador do Caxias avaliou não haver favoritismo para este jogo, embora há uma vantagem em jogar no Centenário.

"Tenho certeza que não há favoritismo. Sei que é bom jogar em casa, na frente do torcedor, mas a campanha do Ypiranga é muito boa. É um duelo muito parelho, de duas equipes parecidas. A dificuldade será imensa, talvez a única vantagem seja o Caxias jogar na frente do seu torcedor." 

Rafael Lacerda também comenta sobre a sua identificação com o grená.

"Pra mim é um momento especial. É gratificante estar como treinador do Caxias, sou muito identificado com o clube. Estou feliz pelo momento que nossa equipe vive. Um time novo, que amadureceu muito rápido. Conseguimos resgatar o torcedor para o nosso lado."

Do outro lado, temos o Ypiranga. O canarinho de Erechim chega com a segunda melhor campanha da competição, que resultou na segunda colocação do Grupo A. Paulo Henrique Marques, treinador do Ypiranga também comentou sobre não haver favoritismo, mas destacou uma desavantagem em jogar fora de casa.

"Não há favorito. È lógico que o Caxias leva uma certa vantagem por jogar em casa, principalmente pelo gramado do Estádio Centenário ser diferente do nosso. Mas fora isso, acredito que será um jogo bem equilibrado."

Campeão da Divisão de Acesso de 2019, o Canarinho vem voando alto no Gauchão 2020. Paulo Henrique comentou sobre o desempenho da equipe e a importância de chegar à final.

"O desempenho do Ypiranga está acima do que era esperado. O que uma equipe do interior busca em primeiro lugar, principalmente quem vem da divisão de acesso, é a permanência no Gauchão. Conseguimos isso na quarta rodada. Agora temos o objetivo de chegar à final, que seria muito bom." 

MESTRE E APRENDIZ 

Menos de um ano atrás, Paulo Henrique Marques e Rafael Lacerda trabalharam juntos no Caxias. Com Paulo Henrique de treinador e Rafael Lacerda de auxiliar, os dois fizeram uma ótima campanha com o grená na Série D, que, por pouco, não garantiu o acesso. Os dois treinadores comentaram sobre essa relação um com o outro:

Rafael Lacerda: "Vou enfrentar um treinador que conheço muito bem. Fui atleta do Paulo aos 18 anos, na equipe júnior da Ulbra. Depois fui atleta dele no São Luiz de Ijuí, em 2018. E no ano passado tive a oportunidade de ser o auxiliar dele aqui no Caxias. Pra mim é um prazer estar enfrentando ele. Ele é um amigo que eu tenho no futebol." 

Paulo Henrique Marques: "A gente conversou antes do Gauchão. Fizemos um amistoso lá em Caxias. Torço muito por ele, é um cara muito do bem, que pensa bem futebol, que faz seu time jogar. Mas nesse jogo, sinto muito, vou torcer por mim."

Caxias e Ypiranga se enfrentam neste domingo (16), às 16 horas, no Estádio Centenário. O vencedor enfrentará o Grêmio na decisão da Taça Cel. Ewaldo Poeta. O campeão do primeiro turno terá vaga garantida na final do Gauchão.