segunda-feira, 03/08/2020
Início Futebol Gaúcho Em Bra-Pel "às cegas", Pelotas vence por 2 a 1 o clássico

Em Bra-Pel “às cegas”, Pelotas vence por 2 a 1 o clássico

Embora a Taça Francisco Novelletto já esteja nas semifinais, ainda faltava disputar o clássico Bra-Pel, válido pela fase da fase de grupos. Pelotas e Brasil, já eliminados do Gauchão, disputaram neste sábado o clássico na Boca do Lobo, onde o Pelotas venceu por 2 a 1.

Infelizmente pouco pôde-se ver do primeiro tempo em função de problemas técnicos. Mesmo com Anderson Daronco apitando o início de partida, a transmissão do globoesporte.com não havia iniciado. Mesmo assim, o twitter do Brasil informou que até os 10 minutos de jogo o Xavante já havia chegado com perigo duas vezes. Na primeira, uma finalização de Luiz Henrique em que a bola acabou desviando na zaga e acabou indo pra escanteio. Após a cobrança, Jacone acabou cabeceando pra fora.

Só se teve sinal da partida aos 30 minutos do primeiro tempo, quando as equipes fizeram a parada técnica. Após a parada, as duas equipes tiveram boas oportunidades de abrir o placar. O Xavante veio forte com uma cabeceada de Simião, que acabou indo pra fora.

Logo após foi a vez de Delatorre. O estreante finalizou rasteiro, mas Ravel defendeu. A resposta do Lobo veio com uma finalização de Hugo Sanches, mas o goleiro Rafael Martins defendeu. Nos minutos finais, Ariel cobrou falta que acabou desviando no meio do caminho, mas Rafael Martins fez mais uma grande defesa e garantiu o empate no primeiro tempo.

O segundo tempo foi bastante movimento e teve grandes emoções logo no início. Logo no primeiro minuto, o Pelotas abriu o placar com um gol de bola parada. Após cobrança de escanteio, Alex Henrique cabeceou pro fundo do gol e colocou o Lobo na frente.

Com a desvantagem no placar, o Brasil foi pra cima. Logo após o gol, Ravel foi obrigado a fazer uma grande defesa após o ataque Xavante. Alguns minutos depois, o Brasil empatou também na bola parada. Simião cobrou falta e a bola sobrou para Luís Felipe empatar tudo.

Aos 38 do segundo tempo o Pelotas fez o gol da vitória também de bola parada. Após cobrança de escanteio, Ramires cabeceou e marcou um gol muito semelhante ao primeiro do Lobo na partida. O Lobo ainda teve chances de ampliar o placar com Juliano, que mandou uma bomba, mas a bola acabou indo pra fora.

Com a vitória por 2 a 1, o Pelotas terminou a Taça Francisco Novelletto na 5ª colocação do Grupo A, superando o Ypiranga no returno. No Grupo B, o Brasil terminou também na 5ª colocação. Na classificação geral, que soma as pontuações de turno e returno, o Brasil terminou na 9ª colocação. Já o Pelotas acabou na lanterna e será penalizado com uma redução nas cotas de TV para o Gauchão do ano que vem.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

mais lidas

Especial: Jogadores Vira-Casaca na década de 90

Na primeira parte desta matéria mostramos os 25 jogadores que viraram a casaca no século 21. Agora, chegou a vez dos anos 90, que...

Desenvolvedores criam mapa de corrida de carro baseado em Porto Alegre

Já pensou em disputar uma corrida de carro na orla do Guaíba? Ou então passear em alta velocidade pelo Beira-Rio e Arena do Grêmio?...

Deu Tudo Errado: Leandro, o especialista

Muitas vezes o que parece ser o início de um sonho pode acabar dando tudo errado. Quem é torcedor sempre sonha com um título,...

Jogadores do Grêmio publicam nota conjunta: “Nos respeitem!”

Após o Grêmio divulgar o adiamento de parte dos vencimentos dos jogadores, os atletas tricolores foram às redes sociais comentar sobre o assunto. Publicaram...