Ex joia do Inter é o novo reforço do CSA

Andrigo chegou a rejeitar propostas de Barcelona e Manchester United quando estava na base colorada.

Ex joia do Inter é o novo reforço do CSA
Ricardo Duarte/Inter

No último dia 10, antes da paralisação do futebol no Brasil pelo Coronavírus, o CSA anunciou a contratação de Andrigo. O ex jogador do Internacional chega ao clube de Alagoas após ter defendido o Figueirense na temporada passada.

Em 2010, após o Inter conquistar o Bi da América, os colorados tiveram outra grande notícia. O futuro do Internacional estaria garantido, graças a uma grande promessa nas categorias de base. Andrigo, com apenas 15 anos, ficou reconhecido pelos torcedores após rejeitar propostas de Barcelona e Manchester United. Na época, o jovem jogador renovou seu contrato com o Inter por 3 anos. O acerto garantiu  "salário de profissional" para o garoto que ainda estava longe da categoria.

Os anos foram passando e a expectativa para Andrigo estrear no time titular crescia. Mas antes disso, em 2014, o meia renovou com o colorado por uma segunda vez. Nesta oportunidade, a jovem promessa destacou que queria ser igual a D’alessandro e marcar época no Inter. Em sua conta pessoal no Twitter, o jogador também destacou:

“Assinei hoje a tarde minha renovação. Uns chamam de burrice, eu chamo de sentimento. Não ter trocado o Inter pela Europa pela 2 vez”

Andrigo estreou pelo profissional contra o Cruzeiro, na última rodada do brasileirão de 2015. O colorado ainda brigava por uma vaga na Libertadores. A promessa entrou no lugar de Alex, aos 30 minutos do segundo tempo. O jovem jogador não conseguiu se destacar em sua primeira partida, recebendo até um cartão amarelo no fim do jogo.

No ano seguinte, em 2016, Andrigo era a principal novidade na pré temporada colorada, pela Florida Cup. Após a competição nos Estados Unidos, uma notícia inesperada abalou a torcida colorada. O ídolo D’alessandro anunciou seu retorno por empréstimo ao River Plate. Sem o seu principal jogador, muitos encararam que Andrigo seria o principal nome a herdar a vaga do camisa 10.

Dito e feito. Sem D’alessandro, Andrigo ganhou espaço no time titular do Inter, e correspondeu à altura no início. Gols e boas atuações credenciaram o jovem jogador a ser eleito o craque do Gauchão. A promessa colorada também foi um dos artilheiros do campeonato, com 5 gols. Sendo o principal deles um golaço na primeira partida da final, contra o Juventude.

No ínicio do Campeonato Brasileiro, Andrigo continuou apresentando bom desempenho, sendo um dos principais destaques do Inter que chegou a liderar a competição, marcando gols contra Sport e Athlético Paranaense. O declínio colorado após ter virado líder foi determinante para Andrigo ter uma queda gigantesca em seu rendimento. A jovem promessa foi perdendo espaço no time titular do Inter. Seja com Falcão, Celso Roth ou até mesmo Lisca, o meia não teve mais um bom rendimento. Na reta final do campeonato, o jogador deixou até mesmo de ser relacionado para o banco de reservas.

Após o rebaixamento, Andrigo nunca mais atuou pelo Inter. O jogador acabou sendo emprestado diversas vezes para equipes como Atlético Goianiense, Sport, Ceará e Figueirense. 

O meia até ficou marcado pelos rebaixamentos em sua carreira. Além do Inter, foi rebaixado atuando pelo Atlético Goianiense e Sport.

No Inter, Andrigo atuou em 37 partidas, marcando 6 gols. A promessa que rejeitou Barcelona e Manchester United, acabou não se confirmando no futebol.