Último técnico estrangeiro a disputar um Gre-Nal

Uruguaio Diego Aguirre foi o último treinador estrangeiro a desfrutar do clássico.

Último técnico estrangeiro a disputar um Gre-Nal

Neste sábado, Coudet realizará sua estreia no clássico Gre-Nal. O último treinador estrangeiro a disputar o clássico havia sido o uruguaio Diego Aguirre, em 2015.

Em sua passagem pelo Inter, Aguirre comandou o colorado em 3 Gre-Nais, todos pelo Gauchão. No primeiro, marcado pela estreia da torcida mista, empatou em 0 a 0. O segundo foi o jogo de ida da Final do Gauchão, na Arena, que também terminou empatado sem gols. Sua única vitória foi no jogo de volta, onde o Inter venceu por 2 a 1 e garantiu o título do Gauchão. 

Inter e Grêmio disputaram a final de 2015 no Estádio Beira-Rio, às 16 horas, no dia 3 de maio. O Colorado foi à campo com: Alisson, William, Ernando, Alan Costa, Geferson; Rodrigo Dourado, Aránguiz; Eduardo Sasha, D'alessandro, Valdívia e Nilmar.

Já o Grêmio, na época treinado por Felipão, iniciava a sua transição para os títulos que viriam nos anos seguintes. O Tricolor entrou em campo com: Marcelo Grohe, Matías Rodriguez, Rodolpho, Erazo, Marcelo Oliveira; Felipe Bastos, Maicon; Giuliano, Douglas, Luan e Braian Rodríguez.

Com o jogo de ida terminado em 0 a 0, os dois times buscavam a vitória para serem campeões. O Inter de Aguirre, tinha a caractéristca de jogar com muita intensidade nos minutos iniciais, e, com menos de 20 minutos, já vencia o Grêmio por 2 a 0. Nilmar e Valdívia marcaram para o Colorado.

Ao fim do primeiro tempo, Giuliano diminuiu para o Grêmio. Durante o segundo tempo, o Tricolor foi melhor na partida, mas o Inter conseguiu segurou o placar, e garantiu o Pentacampeonato.