domingo, 17/01/2021
Início Colorado Abel elogia trabalho de Coudet e comenta situação política do Inter: Não...

Abel elogia trabalho de Coudet e comenta situação política do Inter: Não podemos dar isso como desculpa

Na tarde desta terça-feira Abel Braga foi apresentado oficialmente como novo técnico do Inter. Campeão da América e do Mundo em 2006, o treinador assinou um contrato com o colorado até o fim da temporada. Em sua primeira coletiva, Abelão reiterou uma declaração que gerou polêmica no ano passado, quando treinava o Flamengo: Eu continuo falando que o estádio mais bonito no Brasil é o Beira-Rio.

Assim como era com Eduardo Coudet, Abel Braga também foi questionado se o Inter deve dar preferência a alguma das três competições que disputa atualmente: Já pensou se eu ganho as três competições? Já tenho uma sintonia forte com o torcedor do Inter. O que vier pra nós, vai ser muito bom. Está na hora. Clube é muito grande. Não vamos abdicar de nada

Abel comentou sobre o “antigo” trabalho de Coudet no Inter. O Campeão do Mundo pelo clube deu um aval positivo para o desempenho que o argentino estava tendo no Beira-Rio: Trabalho do Coudet foi bom. Não sei se a saída foi conturbada ou não. Quero aproveitar tudo aquilo que foi feito. Eu não vou ter tempo pra treinar. 

Sobre o pouco tempo para treinar por conta do calendário apertado, Abel Braga chegou a comentar uma declaração de Guardiola, técnico do Manchester City: Guardiola falou recentemente que não é mais técnico. É um gerente. Não há tempo pra treinar no calendário. Vou moldar as coisas da minha forma. Algo que tenho como estratégia

Sem dúvidas alguma o grande problema no trabalho de Eduardo Coudet no Internacional foram os Gre-Nais. O argentino não conseguiu vencer Renato Portaluppi em nenhum dos 6 clássicos no ano: Gre-Nal é um jogo diferente. É um campeonato dentro de um campeonato. Não estou preocupado com o Grêmio agora. Estou preocupado com o América-MG. Lisca está fazendo um trabalho excepcional

“Eu sei o que representa um Gre-Nal. Não existe um clássico com mais rivalidade no país” – Completou Abel Braga.

A última vez que Abel treinou o Inter foi em 2014, há 6 anos. Entretanto, o técnico já teve outros convites para voltar ao Beira-Rio, principalmente no ano de 2016. Abel foi questionado sobre isso e explicou o porquê de não ter assumido o colorado nessas oportunidades: Fui convidado pelo Inter pelo Fernando Carvalho. Estava com a chance de ir para o Catar ou Emirados e não queria assumir um compromisso naquele momento.

Assim como era com Coudet, Abel também foi questionado sobre as eleições coloradas no fim do ano. O novo técnico do Inter garantiu que o momento político do clube não pode ser usado como desculpa para um fracasso dentro dos gramados: Para uma pessoa ser presidente do Inter ele tem que ser colorado. Não pode ter atitudes que comprometam o resultado de campo. Espero que isso possa passar sem problemas. Não podemos dar isso como desculpa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

mais lidas

Renato perde a paciência e esbraveja contra a imprensa: “Quando eu tiver 200 milhões para gastar, podem me cobrar futebol bonito”

O Grêmio venceu o Bragantino, engatou quatro vitórias consecutivas e escalou até a oitava posição do Campeonato Brasileiro. Ainda assim, os três pontos não...

7 imagens que mostram como usuários do Instagram distorcem a realidade

Frame na TV versus foto no insta: Esqueceu de alterar a sombra... a J-Lo nem se deu ao trabalho de ter o produto em casa nesse...

CBF divulga datas das finais da Copa do Brasil e Grêmio terá problema caso Palmeiras vença Libertadores

O Grêmio já sabe as datas em que pode jogar as finais da Copa do Brasil. Agora, o tricolor só aguarda o desfecho da...

O que o Ypiranga precisa para garantir o acesso à Serie B

Mesmo na lanterna do Grupo D, o Ypiranga ainda pode garantir o acesso na última rodada do quadrangular da Série C. Neste sábado, o...