segunda-feira, 03/08/2020
Início Futebol Gaúcho Baú do Bairrista: Os 2 anos do acesso do Zeca

Baú do Bairrista: Os 2 anos do acesso do Zeca

Nesta quarta-feira, completam-se dois anos de um dos maiores feitos da história do São José. No dia 8 de julho de 2018, o Zeca superou o Linense e conquistou uma vaga histórica para a Série C. 

O São José é uma equipe que está acostumada a voar. Afinal, foi o primeiro clube no mundo a viajar de avião para disputar uma partida, feito esse reconhecido pela FIFA. Em 2018, novamente voou alto, conquistando uma tão sonhada vaga para a Série C. 

O clube do Passo D’areia já havia disputado outras vezes a Série C, mas em uma época onde a competição era a base da pirâmide das divisões nacionais e abrigava muito mais do que os 20 times que tem hoje. Apenas para se ter uma ideia, a última vez antes do acesso, o São José havia disputado a Série C de 2003, que tinha 93 clubes. Com a criação da Série D, em 2009, participar da terceirona ficou mais difícil.

Nos dois primeiros anos da Série D, o São José acabou disputando a competição. No primeiro ano, em 2009, foi bem na primeira fase, mas acabou sendo eliminado pelo Londrina no mata-mata. No ano seguinte, foi eliminado logo na fase seguinte, e acabou ficando 5 anos sem ter nenhuma divisão para disputar.

Voltou apenas em 2016, após se consagrar campeão da Super Copa Gaúcha no ano anterior, mas o clube não fez uma boa campanha e acabou sendo eliminado na primeira fase. No ano seguinte, conseguiu passar pela fase de grupos. No mata-mata, passou por Brusque e São Bernardo, até chegar ao confronto que valia a vaga, contra o Atlético Acreano. Mas o São José acabou sendo eliminado e perdeu a chance de ir para a Série C. 

O Zeca começou bem o ano de 2018, sendo terceiro colocado do Gauchão. Graças ao título da Copa Paulo Sant’Ana, no ano anterior, teve mais uma chance de disputar a Série D e buscar novamente a vaga para a Série C.

A jornada para o acesso começou de forma completamente dominante. Na fase de grupos, enfrentou Brusque-SC, Prudentópolis-PR e Mogi Mirim-SP. Venceu todos os jogos. Com 6 vitórias em 6 jogos, pegou o Novo Hamburgo na segunda fase.

No primeiro confronto, no Estádio do Vale, o Novo Hamburgo se deu melhor. Venceu por 2 a 1. Na volta, o São José venceu por 1 a 0 no Passo D’areia, resultado que levou o jogo para os pênaltis. Nas penalidades deu Zeca, vencendo por 3 a 2. 

Nas oitavas, pegou o Tubarão. No jogo de ida, em Santa Catarina, um empate em 1 a 1. Só que novamente o São José decidiu no Passo e com gols de Felipe Guedes e do goleiro Fábio, de pênalti, o Zeca venceu mais uma.

Viria então o jogo do acesso. Um ano após perder a vaga para o Atlético Acreano, o São José decidia a vaga contra o Linense, de São Paulo. Aos 24 do segundo tempo, Leandro Silva acabou fazendo o único gol da partida e decretando a vitória do Linense por 1 a 0. 

Na jogada, após um bate rebate na área e duas bolas no travessão, o zagueiro cabeceou para o gol. Só que a jogada acabou dando muita polêmica, pois Fábio havia tirado rapidamente a bola. Mesmo com muita confusão, o auxiliar confirmou o gol e irritou os jogadores do São José. Com a derrota, mais uma vez tudo ficaria para o Passo D’areia.

Era tudo ou nada para o Zeca, e só a vitória interessava. O São José teve algumas chances no primeiro tempo, como uma finalização de Kelvin logo no início da partida, mas a primeira etapa acabou empatada. No segundo tempo, tudo mudou aos 4 minutos. Everton foi derrubado na área e o juiz marcou pênalti para o São José.

Fábio, o goleiro artilheiro, correu todo o gramado até chegar na marca da cal. Quando o juíz autorizou, chutou alto e forte, sem chances para o goleiro do Linense, deixando tudo igual. O Zeca seguiu pressionando até que aos 28 do segundo tempo Kelvin cruzou para Márcio Jonatan cabecear pro fundo do gol. A vantagem do acesso era do São José. 

A situação para o Linense ficou mais desesperadora quando Carlos André recebeu cartão vermelho. Com um a menos, o time de São Paulo pouco pôde fazer. Com o apito final, o Zeca finalmente comemorou sua tão sonhada vaga para a Série C, que havia escapado um ano atrás.

Na fase seguinte, o São José acabou sendo eliminado para o Ferroviário, que acabou sendo campeão do torneio. Porém, o que importa é que o clube de Porto Alegre conseguiu se manter na terceira divisão no ano seguinte, onde quase subiu para a Série B, não fosse a derrota por 3 a 2 para o Sampaio Corrêa no Maranhão. Com previsão de retorno da Série C para o dia 8 de Agosto, quem sabe o São José não voe mais alto ainda neste ano?

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

mais lidas

Especial: Jogadores Vira-Casaca na década de 90

Na primeira parte desta matéria mostramos os 25 jogadores que viraram a casaca no século 21. Agora, chegou a vez dos anos 90, que...

Desenvolvedores criam mapa de corrida de carro baseado em Porto Alegre

Já pensou em disputar uma corrida de carro na orla do Guaíba? Ou então passear em alta velocidade pelo Beira-Rio e Arena do Grêmio?...

Deu Tudo Errado: Leandro, o especialista

Muitas vezes o que parece ser o início de um sonho pode acabar dando tudo errado. Quem é torcedor sempre sonha com um título,...

Jogadores do Grêmio publicam nota conjunta: “Nos respeitem!”

Após o Grêmio divulgar o adiamento de parte dos vencimentos dos jogadores, os atletas tricolores foram às redes sociais comentar sobre o assunto. Publicaram...