sábado, 05/12/2020
Início Colorado Com dupla de ataque em alta, Inter vence Athletico Paranaense em duelo...

Com dupla de ataque em alta, Inter vence Athletico Paranaense em duelo emocionante

O Internacional venceu mais uma no Campeonato Brasileiro. Essa foi a primeira sequência de vitórias em cerca de quarenta dias para a equipe de Porto Alegre, mas não foi fácil. No reencontro com o Athletico Paranaense, Thiago Galhardo e Abel Hernández fizeram os gols do colorado. Renato Kayzer descontou em uma emocionante partida que foi finalizada com o 2 a 1 no placar.

O jogo começou da melhor maneira possível para o colorado. Os donos da casa começaram ocupando o campo de ataque e Heitor logo conseguiu um escanteio. O Inter cobrou curto e a bola novamente parou nos pés do lateral, que não desperdiçou e colocou com precisão na cabeça de Thiago Galhardo. Bola no artilheiro não precisa nem completar, né? Gol!

Com a vantagem, o colorado seguiu no ataque. Mesmo que sem criar grandes chances de perigo, a defesa não permitiu qualquer avanço do Athletico. A primeira chance dos visitantes aconteceu apenas aos 25’, após boa jogada na esquerda e defesa segura de Lomba.

Dez minutos depois, quase que o Inter amplia. Praxedes conquistou a bola no pé de ferro e partiu do meio-campo em disparada. O meia foi seguindo e tentou o cruzamento na linha de fundo, mas a defesa afastou para escanteio. Marcos Guilherme cobrou e , no rebote, Heitor levantou de qualquer jeito. Mas quando a fase é boa, não tem jeito. A bola caiu na cabeça de Abel Hernández e o uruguaio ampliou.

A vantagem de dois gols deixou o Inter confortável demais e o Athletico atacou. Carlos Eduardo avançou pela esquerda, chegou até a linha de fundo e cruzou à meia-altura. O artilheiro Renato Kayzer apenas empurrou para o fundo da rede e deu espeança para o Furacão.

Mesmo com o gol sofrido, o Inter não se abalou e manteve-se no ataque. Pela esquerda, Thiago Galhardo girou rápido e encontrou Marcos Guilherme. O ponta disparou e cruzou rasteiro para Heitor, que chegou chutando. Jonathan, de cabeça, tirou em cima da linha e impediu o terceiro gol do colorado.

No começo do segundo tempo, a zica estava solta no Beira-Rio. Heitor teve que sair ainda no intervalo com dores na coxa e Rodinei entrou em seu lugar. No segundo minuto da etapa, Praxedes caiu com muitas dores no joelho e teve que sair de maca. O jovem meia se recuperou e seguiu na partida.

O Athletico pressionou e tentou levar perigo, mas quem atacou foi o Inter. Thiago Galhardo deu grande lançamento para Marcos Guilherme, que venceu a marcação na corrida e cruzou rasteiro para Abel Hernández. O uruguaio escorou, mas a defesa conseguiu impedir novamente um gol colorado. Aos 10’, Musto ingressou no lugar de Praxedes e cometeu falta logo em seu primeiro lance.

O jogo diminiu de ritmo e a próxima chance aconteceu apenas após os vinte minutos da etapa, com grande cabeçada de Galhardo em bola parada. Para movimentar a partida, Coudet colocou em campo D’Alessandro no lugar de Abel Hernández, deslocando Thiago Galhardo para a referência na esquerda.

Mesmo atuando como atacante, o argentino desceu para buscar jogo e organizar a saída de bola. Aos 30’, Zé Gabriel foi avançando e deixou Marcos Guilherme de frente com o gol, mas o atacante não conseguiu concluir com força. No lance seguinte, Coudet preparou duas novas substituições: Thiago Galhardo deixou o campo para a entrada de Yuri Alberto e William Pottker entrou no lugar de Patrick.

Em um vacilo da defesa, Christian ficou com espaço na frente da área, soltou a bomba e tirou tinta da trave com muito perigo. Yuri Alberto tentou no ataque do Inter, mas, sem companhia, não teve sucesso. Pottker cometeu uma falta boba na defesa e eis a grande chance do Furacão. Ravanelli cobrou com muita qualidade e a bola explodiu no travessão. No lance seguinte, Pedrinho chegou com perigo e Walter quase fez.

A pressão do Athletico seguiu, mesmo com os ataques de ocasião do Inter. Já aos 47’, foi decidido que a vitória seria mesmo do Inter. Pedrinho se livrou da marcação de Pottker e colocou na fogueira. Renato Kayzer, autor do gol, cabeceou com força e Marcelo Lomba operou um milagre no Beira-Rio. No rebote, novamente uma grande defesa, daquelas de concorrer a prêmio. Aos 50’, o apito soou para o fim da partida em Porto Alegre.

O Inter conquistou mais três e retomou a vice-liderança, apesar de ter um gol de vantagem na tabela. O colorado chegou aos 28 pontos, ficando a apenas dois do líder Atlético Mineiro. O próximo compromisso será nesta quarta-feira, às 21h30, contra o Sport. A partida será no Recife.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

mais lidas

Renato perde a paciência e esbraveja contra a imprensa: “Quando eu tiver 200 milhões para gastar, podem me cobrar futebol bonito”

O Grêmio venceu o Bragantino, engatou quatro vitórias consecutivas e escalou até a oitava posição do Campeonato Brasileiro. Ainda assim, os três pontos não...

Reencontros e chave difícil: O que os jornais argentinos dizem sobre Inter x Boca

"O Superclássico da Libertadores da América". É assim que o Diário Olé define os três confrontos dos argentinos na competição, onde o Boca enfrenta...

Apesar de jogo morno, Grêmio vence o Bragantino e engata quarta vitória consecutiva

O Grêmio seguiu com os bons resultados e venceu o Red Bull Bragantino nessa segunda-feira. O tricolor marcou com David Braz e Orejuela para...

Defesa menos vazada e busca obsessiva pela Libertadores, como chega o Boca para encarar o Inter

O sorteio da Conmebol realizado nesta sexta-feira foi cruel com o Inter, o colorado irá enfrentar o temido Boca Juniors. Os confrontos que irão...