quinta-feira, 22/10/2020
Início Colorado Com dupla de ataque em alta, Inter vence Athletico Paranaense em duelo...

Com dupla de ataque em alta, Inter vence Athletico Paranaense em duelo emocionante

O Internacional venceu mais uma no Campeonato Brasileiro. Essa foi a primeira sequência de vitórias em cerca de quarenta dias para a equipe de Porto Alegre, mas não foi fácil. No reencontro com o Athletico Paranaense, Thiago Galhardo e Abel Hernández fizeram os gols do colorado. Renato Kayzer descontou em uma emocionante partida que foi finalizada com o 2 a 1 no placar.

O jogo começou da melhor maneira possível para o colorado. Os donos da casa começaram ocupando o campo de ataque e Heitor logo conseguiu um escanteio. O Inter cobrou curto e a bola novamente parou nos pés do lateral, que não desperdiçou e colocou com precisão na cabeça de Thiago Galhardo. Bola no artilheiro não precisa nem completar, né? Gol!

Com a vantagem, o colorado seguiu no ataque. Mesmo que sem criar grandes chances de perigo, a defesa não permitiu qualquer avanço do Athletico. A primeira chance dos visitantes aconteceu apenas aos 25’, após boa jogada na esquerda e defesa segura de Lomba.

Dez minutos depois, quase que o Inter amplia. Praxedes conquistou a bola no pé de ferro e partiu do meio-campo em disparada. O meia foi seguindo e tentou o cruzamento na linha de fundo, mas a defesa afastou para escanteio. Marcos Guilherme cobrou e , no rebote, Heitor levantou de qualquer jeito. Mas quando a fase é boa, não tem jeito. A bola caiu na cabeça de Abel Hernández e o uruguaio ampliou.

A vantagem de dois gols deixou o Inter confortável demais e o Athletico atacou. Carlos Eduardo avançou pela esquerda, chegou até a linha de fundo e cruzou à meia-altura. O artilheiro Renato Kayzer apenas empurrou para o fundo da rede e deu espeança para o Furacão.

Mesmo com o gol sofrido, o Inter não se abalou e manteve-se no ataque. Pela esquerda, Thiago Galhardo girou rápido e encontrou Marcos Guilherme. O ponta disparou e cruzou rasteiro para Heitor, que chegou chutando. Jonathan, de cabeça, tirou em cima da linha e impediu o terceiro gol do colorado.

No começo do segundo tempo, a zica estava solta no Beira-Rio. Heitor teve que sair ainda no intervalo com dores na coxa e Rodinei entrou em seu lugar. No segundo minuto da etapa, Praxedes caiu com muitas dores no joelho e teve que sair de maca. O jovem meia se recuperou e seguiu na partida.

O Athletico pressionou e tentou levar perigo, mas quem atacou foi o Inter. Thiago Galhardo deu grande lançamento para Marcos Guilherme, que venceu a marcação na corrida e cruzou rasteiro para Abel Hernández. O uruguaio escorou, mas a defesa conseguiu impedir novamente um gol colorado. Aos 10’, Musto ingressou no lugar de Praxedes e cometeu falta logo em seu primeiro lance.

O jogo diminiu de ritmo e a próxima chance aconteceu apenas após os vinte minutos da etapa, com grande cabeçada de Galhardo em bola parada. Para movimentar a partida, Coudet colocou em campo D’Alessandro no lugar de Abel Hernández, deslocando Thiago Galhardo para a referência na esquerda.

Mesmo atuando como atacante, o argentino desceu para buscar jogo e organizar a saída de bola. Aos 30’, Zé Gabriel foi avançando e deixou Marcos Guilherme de frente com o gol, mas o atacante não conseguiu concluir com força. No lance seguinte, Coudet preparou duas novas substituições: Thiago Galhardo deixou o campo para a entrada de Yuri Alberto e William Pottker entrou no lugar de Patrick.

Em um vacilo da defesa, Christian ficou com espaço na frente da área, soltou a bomba e tirou tinta da trave com muito perigo. Yuri Alberto tentou no ataque do Inter, mas, sem companhia, não teve sucesso. Pottker cometeu uma falta boba na defesa e eis a grande chance do Furacão. Ravanelli cobrou com muita qualidade e a bola explodiu no travessão. No lance seguinte, Pedrinho chegou com perigo e Walter quase fez.

A pressão do Athletico seguiu, mesmo com os ataques de ocasião do Inter. Já aos 47’, foi decidido que a vitória seria mesmo do Inter. Pedrinho se livrou da marcação de Pottker e colocou na fogueira. Renato Kayzer, autor do gol, cabeceou com força e Marcelo Lomba operou um milagre no Beira-Rio. No rebote, novamente uma grande defesa, daquelas de concorrer a prêmio. Aos 50’, o apito soou para o fim da partida em Porto Alegre.

O Inter conquistou mais três e retomou a vice-liderança, apesar de ter um gol de vantagem na tabela. O colorado chegou aos 28 pontos, ficando a apenas dois do líder Atlético Mineiro. O próximo compromisso será nesta quarta-feira, às 21h30, contra o Sport. A partida será no Recife.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

mais lidas

Especial: Jogadores Vira-Casaca na década de 90

Na primeira parte desta matéria mostramos os 25 jogadores que viraram a casaca no século 21. Agora, chegou a vez dos anos 90, que...

Desenvolvedores criam mapa de corrida de carro baseado em Porto Alegre

Já pensou em disputar uma corrida de carro na orla do Guaíba? Ou então passear em alta velocidade pelo Beira-Rio e Arena do Grêmio?...

Jogadores do Grêmio publicam nota conjunta: “Nos respeitem!”

Após o Grêmio divulgar o adiamento de parte dos vencimentos dos jogadores, os atletas tricolores foram às redes sociais comentar sobre o assunto. Publicaram...

Jogo do Grêmio terá narração de Luiz Alano e comentários de Mauro Galvão. Saiba mais:

Já está definida a escala do SBT para o confronto do Grêmio na Libertadores nesta quarta, às 21:30, contra a Universidad Católica. O narrador...