quinta-feira, 05/08/2021
Publicidade
Início Colorado Em jogo polêmico, Inter vence Juventude e encerra jejum no Beira-Rio

Em jogo polêmico, Inter vence Juventude e encerra jejum no Beira-Rio

Depois de oito jogos sem vencer no Beira-Rio, o Internacional, enfim, encerrou o jejum no seu próprio estádio. O colorado superou o Juventude pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro com gol de Thiago Galhardo. Não faltou polêmica da partida, que contou com gol anulado do Ju e expulsão de Guilherme Castilho.

O primeiro tempo começou com tudo e, com menos de cinco minutos, Vitor Mendes recebeu cartão amarelo por falta em Caio Vidal. Aos 6′, veio a primeira chance. Thiago Galhardo tabelou com Taison e o camisa 10 chutou na rede pelo lado de fora. O Inter seguiu pressionando muito e, alguns minutos depois, Taison teve outra chance. Galhardo encontrou o meia, que chutou para grande defesa de Carné.

A pressão seguiu do lado colorado. Taison chutou mais uma vez, mas, na marca de 30 minutos, Paulo Victor e Edenílson receberam cartão amarelo enquanto o Juventude passou a crescer no jogo. Na cobrança de escanteio, Wescley cruzou fechado e quase marcou o gol olímpico. A bola rebateu na trave e Rafael Forster entrou com bola e tudo. Após a revisão no VAR, foi constatado o toque na mão do zagueiro do Ju, anulando o gol.

Mesmo com a anulação, o jaconero seguiu em cima. Paulinho Bóia se antecipou a Heitor e cabeceou, mas Daniel segurou firme. Antes de acabar a primeira etapa, Edenílson chutou da entrada da área e quase assustou Carné, mas o goleiro conseguiu fazer a defesa. Para o segundo tempo, Maurício e Palacios entraram no lugar de Patrick e Caio Vidal.

As trocas surtiram efeito e o Inter precisou de cinco minutos para marcar um gol. Palacios segurou a marcação nas entrelinhas e Heitor cruzou na medida para Thiago Galhardo abrir o placar. O gol deu motivação para o colorado, que seguiu no ataque e chegou muito próximo de ampliar aos 10′. Edenílson acertou um belo lançamento para Galhardo, que escorou para Taison. O camisa 10 tentou de cabeça, mas Carné conseguiu a defesa.

Aguirre mudou mais, colocando Yuri Alberto e Moisés nas vagas de Taison e Paulo Victor. O Juventude cresceu na metade da segunda etapa e esteve próximo do gol de empate. Marcos Vinicios, pela esquerda, em dois lances consecutivos, chutou com perigo. Porém, aos 33′, Guilherme Castilho acertou uma cotovelada em Palacios e recebeu o cartão vermelho direto. Paulinho Bóia e Marcelo Carné reclamaram veementemente da decisão do árbitro e foram punidos com o cartão amarelo.

Mesmo com um jogador a mais, o Inter recuou. O Juventude até tentou e o colorado esboçou contra-ataques, mas não teve tempo para mais nada. Com a vitória, o Inter subiu para a 13ª colocação, com 14 pontos conquistados no Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso do clube do povo será nesta quinta-feira, às 21h30, contra o Olimpia. O colorado recebe os paraguaios no Beira-Rio pela Libertadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

mais lidas

Os três reforços que o Inter espera anunciar nos próximos dias

Com a chegada do Campeonato Brasileiro, o Inter espera fechar o seu último pacote de reforços no primeiro semestre. A direção colorada e Miguel...

Renato perde a paciência e esbraveja contra a imprensa: “Quando eu tiver 200 milhões para gastar, podem me cobrar futebol bonito”

O Grêmio venceu o Bragantino, engatou quatro vitórias consecutivas e escalou até a oitava posição do Campeonato Brasileiro. Ainda assim, os três pontos não...

Áudio de presidente do Londrina reacende polêmica sobre eliminação do Ypiranga na Série C

Após a eliminação do Ypiranga na Série C, um áudio polêmico circulou pelas redes sociais. Sérgio Malucelli, presidente do Londrina, foi questionado, em entrevista...

7 imagens que mostram como usuários do Instagram distorcem a realidade

Frame na TV versus foto no insta: Esqueceu de alterar a sombra... a J-Lo nem se deu ao trabalho de ter o produto em casa nesse...