quinta-feira, 04/06/2020
Início Futebol Gaúcho Especial Bundesliga: Do Juventude para a Alemanha

Especial Bundesliga: Do Juventude para a Alemanha

A Bundesliga – Campeonato Alemão – retorna neste sábado e O Bairrista apresentará ao longo da semana uma série de matérias temáticas, intituladas Especial Bundesliga. Hoje falamos sobre o zagueiro Naldo, que saiu do Juventude para jogar em clubes como Werder Bremen, Wolfsburg e Schalke 04.

Muitos jogadores surgem no interior e brilham em equipes de maior estrutura no Brasil. O Juventude, por exemplo, tem como recentes exemplos Alex Telles, Índio e Roberson, que atuaram/atuam pela dupla Grenal, além de passagens pela Europa (Telles) ou outros grandes clubes nacionais. Entretanto, a transição direta de um clube do interior para um gigante europeu raramente acontece.

Este é o caso de Naldo, que após destacar-se no verde e branco da serra gaúcha transferiu-se para o verde e branco da Alemanha: o Werder Bremen. Enquanto atuando no Rio Grande do Sul, Naldo teve excelentes companheiros de zaga, como Chicão (posteriormente campeão do mundo com o Corinthians), Antônio Carlos Zago (ex-Roma e futuro treinador), Índio, Dante e Thiago Silva.

Retrocedendo ainda mais, Naldo começou sua carreira no RS Futebol (atual Pedrabranca) – assim como Thiago Silva. A dupla foi para o Juve e o carioca saiu mais cedo – acabaria voltando para tornar-se ídolo do Fluminense antes de ter uma sólida carreira no Milan e no PSG.

Voltando para o Naldo, sua negociação com o Werder Bremen aconteceu em 2005, após o Juventude ter terminado o Campeonato Brasileiro na 7ª colocação e estar disputando a Copa Sul-Americana. Na sua primeira temporada, foi titular em todos os jogos – com exceção de duas ausências por lesão. Participou da campanha do time na Champions League até caírem nas oitavas-de-final para a Juventus.

Na temporada seguinte, ficaram em terceiro lugar na Bundesliga – atrás apenas de Schalke 04 e Stuttgart – e alcançaram as semifinais da Europa League. Naldo seguiu como titular do clube, assim como na temporada 2007-08, em que o Werder Bremen conquistou o vice-campeonato nacional.

Naldo chegou ao mais alto nível: foi convocado para a Seleção Brasileira. Atuou em quatro partidas com a amarelinha e fez parte do elenco campeão da Copa América de 2007.

Ficou mais quatro temporadas no clube e conquistou uma Copa da Liga Alemã, uma Liga da Alemanha e uma Supercopa da Alemanha, além de conseguir a segunda colocação na Europa League de 2008-09, perdendo para o Shakhtar Donetsk na final. Na ocasião, Naldo foi quem marcou o tento do Werder Bremen, mas o brasileiro Jadson ampliou para os ucranianos já no acréscimos.

Em 2012, Naldo foi negociado por 4 milhões de euros com o Wolfsburg – mais um time em que o zagueiro vestiu o verde e branco. Na sua temporada de estreia, não teve sorte com o treinador Felix Magath, que o rebaixou ao time reserva. Entretanto, para a felicidade de Naldo, Magath teve um péssimo desempenho e foi rapidamente demitido, fazendo com que o brasileiro recuperasse a titularidade.

Seguiu sendo titular, mas passou a sofrer com lesões no Wolfsburg. Firmou-se como capitão na temporada 2015-16 pelo clube e foi o responsável por levantar o caneco da Copa da Alemanha. Conquistou novamente a Supercopa da Alemanha antes de assinar um pré-contrato com outro gigante alemão: o Schalke 04. Além disso, Naldo agora possuía cidadania alemã, uma vez que estava atuando no país há mais de dez anos.

Naldo levantando o troféu da Supercopa da Alemanha em 2015.

Já experiente, com 34 anos, Naldo foi titular do Schalke. Finalizou sua primeira temporada no meio de tabela, mas um ano depois o brasileiro brilhou. Naldo levou o Schalke à segunda colocação da Bundesliga, ficando atrás apenas do gigante Bayern de Munique. Não satisfeito, o zagueiro foi eleito o terceiro melhor futebolista alemão, ficando atrás apenas do atacante Nils Petersen e do meia Toni Kroos, titulares da Seleção. Ainda assim, Naldo foi eleito pelos jogadores da Bundesliga como o melhor jogador da temporada.

Ficou mais um ano na Alemanha e caiu nas oitavas-de-final com o Schalke 04. Novamente em uma situação de pré-contrato, transferiu-se para o Mônaco. Atuou apenas seis meses pela equipe, finalizando a temporada em maio de 2019. Desde então, Naldo não atuou mais profissionalmente. Rescindiu com o Mônaco em janeiro de 2020. Com 37 anos, o zagueiro encontra-se sem clube e não anunciou sua aposentadoria. Talvez os tempos de Europa tenham passado para Naldo. Talvez até mesmo seus tempos de futebol tenham acabado. Mas o jogador já revelou querer voltar a jogar e, fala aí, torcedor, aceitaria o zagueirão no seu time?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

mais lidas

Especial: Jogadores Vira-Casaca na década de 90

Na primeira parte desta matéria mostramos os 25 jogadores que viraram a casaca no século 21. Agora, chegou a vez dos anos 90, que...

Desenvolvedores criam mapa de corrida de carro baseado em Porto Alegre

Já pensou em disputar uma corrida de carro na orla do Guaíba? Ou então passear em alta velocidade pelo Beira-Rio e Arena do Grêmio?...

Terça-feira marcada por treinamentos físicos no CT Luiz Carvalho

Nesta terça-feira o foco do treinamento gremista no CT Luiz Carvalho é o trabalho de musculação e atividades aeróbicas. os jogadores foram orientados pela...

Guia do Elenco: O Gauchão de 77

A década de 70 com certeza foi uma das mais sofridas para o torcedor gremista, os tricolores tiveram que se acostumar a ver o...