sábado, 05/12/2020
Início Futebol Gaúcho Juventude goleia fora de casa e fica próximo da liderança

Juventude goleia fora de casa e fica próximo da liderança

O Juventude empolgou, isso é um fato. Nas últimas seis rodadas do Brasileiro, foram quatro vitórias, um empate e apenas uma derrota. Isso sem falar na classificação às oitavas-de-final da Copa do Brasil. Neste sábado, a invencibilidade aumentou com mais uma vitória e não foi contra qualquer um. O Jaconero foi até Campinas enfrentar a então terceira colocada Ponte Preta.

O confronto direto começou pegando fogo e quem atacou primeiro foi a Macaca. Moisés recebeu na direita e Marcelo Carné foi obrigado a fazer grande defesa já no segundo minuto de partida. Ao contrário dos últimos jogos, Renato Cajá sentou no banco de reservas para dar lugar a Wagner e foi dos seus pés que saiu a primeira chance. O meia apareceu na esquerda e cruzou para Dalberto, que quase abriu o placar de cabeça.

Aos 23′, o Juve cobrou escanteio e a bola seguiu viva no ataque. Wagner escorou e Wellington, que permaneceu na grande área matou a bola no peito para Igor, que soltou a bomba abrindo o placar. O lateral-direito marcou seu segundo gol nos últimos 15 dias e ainda teve o seu contrato renovado na semana passada.

Com a vantagem, a equipe de Pintado baixou as linhas e então quem brilhou foi Marcelo Carné. O goleiro fez, no mínimo, mais quatro excelentes defesas na primeira etapa, evitando gols de Matheus Peixoto, Apodi, Ernandes e Bruno Rodrigues. Assim, os visitantes foram para o vestiário com o 1 a 0 favorável no placar.

A segunda etapa começou da mesma forma e a Ponte se jogou ao ataque. A pressão deu certo e, aos 5′, foi marcado pênalti de Wellington e Matheus Peixoto converteu. A partida então entrou em uma sucessão de perde e ganha no meio-campo, sem grandes chances e mantendo-se bastante equilibrada.

Aos 21′, o Papo voltou ao ataque. Dalberto recebeu dentro da área, fez o pivô e escorou para Gustavo Bochecha, que chutou bonito e acabou com qualquer chance de defesa do goleiro Ivan. Um golaço no Moisés Lucarelli. O gol deu confiança ao Juventude e Dalberto quase deixou o dele poucos minutos depois.

Já com Cajá em campo, o camisa 10 quase marcou em cobrança de falta. Aos 34′ e sem diminuir a pressão, Eltinho foi lançado na linha de fundo e tentou cruzar para trás, mas Apodi, com a mão, cortou e foi marcada a penalidade máxima. João Paulo foi para a cobrança e guardou o terceiro gol do Jaconero na partida.

Com a goleada em Campinas, a equipe ultrapassou o Paraná e a própria Ponte Preta, chegando até a terceira colocação da Série B, com 22 pontos. O Juventude está empatado com o Paraná (4º lugar) e com a Chapecoense (2º). O próximo compromisso será nesta terça-feira, às 19h15, ocasião em que o Alfredo Jaconi receberá o líder Cuiabá.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

mais lidas

Renato perde a paciência e esbraveja contra a imprensa: “Quando eu tiver 200 milhões para gastar, podem me cobrar futebol bonito”

O Grêmio venceu o Bragantino, engatou quatro vitórias consecutivas e escalou até a oitava posição do Campeonato Brasileiro. Ainda assim, os três pontos não...

Reencontros e chave difícil: O que os jornais argentinos dizem sobre Inter x Boca

"O Superclássico da Libertadores da América". É assim que o Diário Olé define os três confrontos dos argentinos na competição, onde o Boca enfrenta...

Apesar de jogo morno, Grêmio vence o Bragantino e engata quarta vitória consecutiva

O Grêmio seguiu com os bons resultados e venceu o Red Bull Bragantino nessa segunda-feira. O tricolor marcou com David Braz e Orejuela para...

Defesa menos vazada e busca obsessiva pela Libertadores, como chega o Boca para encarar o Inter

O sorteio da Conmebol realizado nesta sexta-feira foi cruel com o Inter, o colorado irá enfrentar o temido Boca Juniors. Os confrontos que irão...