domingo, 07/03/2021
Início Colorado Os números dos jovens com Abel Braga

Os números dos jovens com Abel Braga

Abel Braga chegou ao Inter desacreditado. Depois de uma campanha empolgante de Eduardo Coudet, o treinador chegou em meio a um caos político, mas com a equipe líder do Brasileirão e bem encaminhada tanto na Libertadores como na Copa do Brasil. Ainda assim, o rendimento decaiu rapidamente.

Foi apenas entre as partidas contra o Boca Juniors que Abel Braga se encontrou dentro do clube. No empate em 2 a 2 com o Atlético Mineiro as coisas mudaram. De lá para cá, são sete vitórias consecutivas, que catapultaram o Inter novamente para a vice-liderança. Um dos ingredientes para esses resultados é o ótimo aproveitamento da base.

Até o momento, foram dez garotos aproveitados – para esclarecer, apenas jogadores Sub-23 foram relacionados nesta lista, apesar do mais velho ser Nonato, com 22. Quem mais apareceu com Abel Braga foi Yuri Alberto. O centroavante, além de ser o artilheiro da Era Abel, não participou de apenas um jogo, contra o Goiás, por estar suspenso. Ao todo foram 642 minutos em campo com o atual treinador ao longo de treze partidas.

Logo atrás vem Bruno Praxedes (511 minutos) e Caio Vidal (476 minutos), dupla recém promovida ao status de titular com Abel Braga. Para ser honesto, são estes três os únicos jogadores da base que ascenderam ao nível de titularidade do Internacional (excluindo Rodrigo Dourado), mas isso não quer dizer muito coisa.

Em todas as suas partidas com o Inter, Abel sempre teve um jogador da base em campo e isso se reflete nos números. Heitor não é titular, mas ainda assim teve 386 minutos em campo. O mesmo serve para Zé Gabriel e agora para Lucas Ribeiro, que assumiu a vaga de Rodrigo Moledo, lesionado.

Jogadores da base com Abel Braga
Heitor – 386 minutos/5 partidas – 20 anos
Zé Gabriel – 396 minutos/5 partidas – 21 anos
Nonato – 165 minutos/5 partidas – 22 anos
Peglow – 106 minutos/6 partidas – 19 anos
Yuri Alberto – 642 minutos/13 partidas – 19 anos
Maurício – 252 minutos/6 partidas – 19 anos
Praxedes – 511 minutos/9 partidas – 18 anos
Caio Vidal – 476 minutos/8 partidas – 20 anos
Johnny – 90 minutos/3 partidas – 19 anos
Lucas Ribeiro – 275 minutos/5 partidas – 21 anos

Na última rodada, João Peglow marcou o gol que novamente colocou o Inter à frente no jogo contra o Fortaleza. O mesmo aconteceu em dezembro, contra o Atlético Mineiro. Praxedes decidiu contra o Goiás. Caio Vidal definiu contra o Ceará. Yuri Alberto foi o craque do jogo contra Palmeiras, decidiu contra o Botafogo e deu esperança ao torcedor no último minuto contra o América Mineiro. O mais conservador dos colorados até pode tentar argumentar que a base não decide e que é preciso dos cascudos em campo, mas na prática Abel Braga está mostrando diferente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

mais lidas

Renato perde a paciência e esbraveja contra a imprensa: “Quando eu tiver 200 milhões para gastar, podem me cobrar futebol bonito”

O Grêmio venceu o Bragantino, engatou quatro vitórias consecutivas e escalou até a oitava posição do Campeonato Brasileiro. Ainda assim, os três pontos não...

Áudio de presidente do Londrina reacende polêmica sobre eliminação do Ypiranga na Série C

Após a eliminação do Ypiranga na Série C, um áudio polêmico circulou pelas redes sociais. Sérgio Malucelli, presidente do Londrina, foi questionado, em entrevista...

7 imagens que mostram como usuários do Instagram distorcem a realidade

Frame na TV versus foto no insta: Esqueceu de alterar a sombra... a J-Lo nem se deu ao trabalho de ter o produto em casa nesse...

CBF divulga datas das finais da Copa do Brasil e Grêmio terá problema caso Palmeiras vença Libertadores

O Grêmio já sabe as datas em que pode jogar as finais da Copa do Brasil. Agora, o tricolor só aguarda o desfecho da...