sábado, 05/12/2020
Início Canais OBairrista Romildo Bolzan: "Tudo está sendo montado para que a gente possa retornar"

Romildo Bolzan: “Tudo está sendo montado para que a gente possa retornar”

Nesta sexta-feira, o convidado especial do programa Bairrista FC foi o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, que teve ao seu lado o ex-presidente colorado, Fernando Carvalho, para responder algumas perguntas.

O primeiro assunto tratado foi o período em que Romildo esteve diagnosticado com coronavírus. O mandatário afirmou que teve poucos sintomas – perda de olfato e de paladar, apenas – e revelou ter conversando com o presidente do rival: “ele (Marcelo Medeiros) me ligou e disse estar impressionado que eu ainda não havia sido diagnosticado, mas logo aconteceu”.

O presidente também explicou como se deram as reuniões que decidiram o retorno do Gauchão: “Esses quatro meses são tão danosos que nós decidimos paulatinamente voltar de modo que a convivência fosse organizada e criasse novamente a cultura de um grupo de futebol”. Segundo Romildo, os jogadores necessitam de uma perspectiva de retorno, mas caso não houver uma situação estável de saúde pública, o campeonato deve ser novamente adiado.

Já sobre as competições continentais, o presidente mostrou pessimista: “Não estou vendo perspectiva de curto prazo de jogarmos a Copa Libertadores nem tampouco a Copa Sul-Americana e estão em risco a realização das duas competições até o final do ano”. A opção de realizar o restante da competição em sede única não foi descartada, mas não foi pauta em nenhuma das reuniões até o momento.

Sobre o setor financeiro, Romildo adiantou que os prejuízos já batem na casa dos R$40 milhões. Apenas de direitos televisivos 16 milhões que o Grêmio deixa de receber, mas o mandatário acha que será muito pior. “Caso a situação continue e for um ano perdido para o futebol o prejuízo será na ordem dos 120 milhões“.

Ainda sobrou tempo para o presidente montar o seu time do Grêmio de todos os tempos: “Alberto; Arce, Adilson, Rivarola, Roger; Dinho, Maicon, Oswaldo, Paulo Isidoro; André Catimba e Éder; Tele Santana”. Questionado sobre a ausência de Renato Portaluppi, Romildo respondeu de prontidão: “O Renato é um hors concours, um cara que balizou por cima a sua carreira e o clube“.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

mais lidas

Renato perde a paciência e esbraveja contra a imprensa: “Quando eu tiver 200 milhões para gastar, podem me cobrar futebol bonito”

O Grêmio venceu o Bragantino, engatou quatro vitórias consecutivas e escalou até a oitava posição do Campeonato Brasileiro. Ainda assim, os três pontos não...

Reencontros e chave difícil: O que os jornais argentinos dizem sobre Inter x Boca

"O Superclássico da Libertadores da América". É assim que o Diário Olé define os três confrontos dos argentinos na competição, onde o Boca enfrenta...

Apesar de jogo morno, Grêmio vence o Bragantino e engata quarta vitória consecutiva

O Grêmio seguiu com os bons resultados e venceu o Red Bull Bragantino nessa segunda-feira. O tricolor marcou com David Braz e Orejuela para...

Defesa menos vazada e busca obsessiva pela Libertadores, como chega o Boca para encarar o Inter

O sorteio da Conmebol realizado nesta sexta-feira foi cruel com o Inter, o colorado irá enfrentar o temido Boca Juniors. Os confrontos que irão...