quinta-feira, 04/06/2020
Início Canais OBairrista Romildo Bolzan: "Tudo está sendo montado para que a gente possa retornar"

Romildo Bolzan: “Tudo está sendo montado para que a gente possa retornar”

Nesta sexta-feira, o convidado especial do programa Bairrista FC foi o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, que teve ao seu lado o ex-presidente colorado, Fernando Carvalho, para responder algumas perguntas.

O primeiro assunto tratado foi o período em que Romildo esteve diagnosticado com coronavírus. O mandatário afirmou que teve poucos sintomas – perda de olfato e de paladar, apenas – e revelou ter conversando com o presidente do rival: “ele (Marcelo Medeiros) me ligou e disse estar impressionado que eu ainda não havia sido diagnosticado, mas logo aconteceu”.

O presidente também explicou como se deram as reuniões que decidiram o retorno do Gauchão: “Esses quatro meses são tão danosos que nós decidimos paulatinamente voltar de modo que a convivência fosse organizada e criasse novamente a cultura de um grupo de futebol”. Segundo Romildo, os jogadores necessitam de uma perspectiva de retorno, mas caso não houver uma situação estável de saúde pública, o campeonato deve ser novamente adiado.

Já sobre as competições continentais, o presidente mostrou pessimista: “Não estou vendo perspectiva de curto prazo de jogarmos a Copa Libertadores nem tampouco a Copa Sul-Americana e estão em risco a realização das duas competições até o final do ano”. A opção de realizar o restante da competição em sede única não foi descartada, mas não foi pauta em nenhuma das reuniões até o momento.

Sobre o setor financeiro, Romildo adiantou que os prejuízos já batem na casa dos R$40 milhões. Apenas de direitos televisivos 16 milhões que o Grêmio deixa de receber, mas o mandatário acha que será muito pior. “Caso a situação continue e for um ano perdido para o futebol o prejuízo será na ordem dos 120 milhões“.

Ainda sobrou tempo para o presidente montar o seu time do Grêmio de todos os tempos: “Alberto; Arce, Adilson, Rivarola, Roger; Dinho, Maicon, Oswaldo, Paulo Isidoro; André Catimba e Éder; Tele Santana”. Questionado sobre a ausência de Renato Portaluppi, Romildo respondeu de prontidão: “O Renato é um hors concours, um cara que balizou por cima a sua carreira e o clube“.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

mais lidas

Especial: Jogadores Vira-Casaca na década de 90

Na primeira parte desta matéria mostramos os 25 jogadores que viraram a casaca no século 21. Agora, chegou a vez dos anos 90, que...

Desenvolvedores criam mapa de corrida de carro baseado em Porto Alegre

Já pensou em disputar uma corrida de carro na orla do Guaíba? Ou então passear em alta velocidade pelo Beira-Rio e Arena do Grêmio?...

Terça-feira marcada por treinamentos físicos no CT Luiz Carvalho

Nesta terça-feira o foco do treinamento gremista no CT Luiz Carvalho é o trabalho de musculação e atividades aeróbicas. os jogadores foram orientados pela...

Guia do Elenco: O Gauchão de 77

A década de 70 com certeza foi uma das mais sofridas para o torcedor gremista, os tricolores tiveram que se acostumar a ver o...