sexta-feira, 03/07/2020
Início Tricolor Top 5 estrangeiros do Grêmio

Top 5 estrangeiros do Grêmio

Desde sua fundação, em 1903, estrangeiros foram presenças constante nas escalações do Grêmio. Desde alemães à sul-africanos, passando por uruguaios, chilenos, paraguaios e argentinos, foram cerca de 100 jogadores de fora das fronteiras que defenderam o manto tricolor. No Top 5 de hoje, vamos listar só a nata: os melhores estrangeiros da história do Grêmio.

Ancheta

Abrindo a lista está Ancheta. Não só um dos melhores estrangeiros, como também um dos melhores jogadores do clube, Ancheta foi o zagueiro central do tricolor ao longo da década de 70. Uruguaio, foi o líder, ao lado de Tarciso, na conquista do Gauchão de 77 e era o correspondente tricolor ao rival Figueroa

Ancheta chegou em Porto Alegre em 1971 a preço de banana depois de um imbróglio com o recentemente campeão da América – o Nacional. Um ano antes, o zagueiro havia sido destaque na Copa do Mundo do México e era considerado o melhor jogador da Seleção Uruguaia. Na sua terceira temporada com o Grêmio, conquistou a Bola de Ouro como melhor jogador do Campeonato Brasileiro de 1973

Ancheta mostrou-se um jogador de raça no Grêmio, jogando mesmo com cálculos renais e com uma dor excruciante. Sua habilidade e determinação foram recompensadas em 1977, título notório celebrado até hoje.

Arce

O dono dos cruzamentos mais perfeitos que o Olímpico já viu, o paraguaio Arce fez parte do elenco multicampeão dos anos 90. Ídolo no Cerro Porteño, Francisco Arce desembarcou em Porto Alegre em 1995. O Grêmio havia sido campeão da Copa do Brasil no ano anterior, mas a maré de títulos não havia acabado.

Arce foi campeão da Libertadores, da Recopa, do Campeonato Brasileiro e de mais uma Copa do Brasil ao longo de três anos sob o comando de Luiz Felipe Scolari. Em 1997, o lateral seguiu com o treinador no Palmeiras, onde novamente foi campeão múltiplas vezes.

Hugo De León

Em 1981, o Grêmio assinou com um dos jogadores mais importantes da sua história. Depois de ser campeão da Libertadores com o Nacional em 1980 – em cima do Internacional, inclusive -, Hugo De León acertou sua ida para o Grêmio e ficou de fora da disputa do Taça Intercontinental daquele ano – assim como fez Ancheta cerca de 9 anos antes. 

Na sua despedida, o zagueiro disputou o Mundialito, um mini-torneio organizado apenas com as seleções campeãs mundiais (com exceção da Inglaterra, que foi substituída pela Holanda). Com a vitória da Seleção Uruguaia, De León deu a volta no Estádio Centenário com o manto gremista que ganhou dias antes, ao assinar com o tricolor. O jogador impressionou logo de cara pela sua liderança, ainda que tivesse apenas 22 anos.

O uruguaio não é somente um dos melhores estrangeiros do Grêmio, como simboliza o estrangeirismo no clube. Campeão do Campeonato Brasileiro de 1981, De León levantou o caneco da Libertadores e do Mundial em 1983. Unanimidade em qualquer lista de melhores da história do Grêmio.

Kannemann

A dupla de zaga Pedro Geromel e Walter Kannemann é considerada por muitos como a melhor da história do tricolor, superando Beto Fuscão e Ancheta, De León e Baidek e Adilson Batista e Rivarola.

Enquanto o primeiro é exaltado pela calma e elegância, o argentino conquistou a torcida com sua raça e carrinhos precisos. O estilo mais parrudo do castelhano fez com que Kannemann se encaixasse rapidamente na zaga do tricolor gaúcho, onde conquistou uma Libertadores e uma Copa do Brasil.

As atuações de Kannemann no Grêmio fizeram com que o zagueiro fosse convocado para a Seleção Argentina, além de ser selecionado como um dos Melhores da América em 2018.

Lucas Barrios

O argentino naturalizado paraguaio ficou apenas uma temporada em Porto Alegre, mas  soube aproveitar sua passagem.  Lucas Barrios teve um 2017 e tanto. Foi de jogador descartado no Palmeiras a protagonista do Grêmio na Libertadores, em especial nas quartas-de final contra o Botafogo.

Em um momento de seca de centroavantes no tricolor, veio a aposta em Barrios. Após um começo morno no Gauchão, o paraguaio explodiu. Marcou três gols contra Guarani do Paraguai na Arena e a fase só melhorava. Em um jogo tenso, Barrios foi o salvador na classificação do Grêmio às semifinais da Libertadores. Duas fases depois, comemorou a conquista junto com o restante do elenco.

Na sua última partida, entretanto, o atacante teve uma despedida amarga. O Grêmio classificou-se para a final do Mundial de Clubes e foi justamente Lucas Barrios que moveu-se na barreira para que a Cristiano Ronaldo marcasse o gol dos merengues. Ainda assim, a passagem de Barrios deve ser valorizada.

Menções Honrosas

Hernán Barcos

Em um momento difícil, Hernán Barcos foi ídolo. Para trazer O Pirata, o tricolor montou um pacotão e negociou com o Palmeiras. O argentino não decepcionou e honrou o esforço tricolor. Ficou três temporadas no clube e não demorou para tornar-se xodó da torcida, com gols importantes e a sua famosa comemoração. Até hoje é o estrangeiro com mais gols pelo clube, sendo, inclusive vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2014. 

Rivarola

Assim como Arce, o paraguaio defendeu o Cerro Porteño e chegou ao tricolor em 1995. Conquistou diversos títulos no Rio Grande e rapidamente tornou-se um homem de confiança de Felipão. Ao contrário de seu compatriota, Rivarola não deixou o sul com a saída do treinador. Zagueiro de força, o paraguaio fez parte da Copa do Mundo de 1998 juntamente com Arce e os colorados Enciso e Gamarra. Permaneceu mais um ano no Grêmio e, enfim, foi negociado com o Palmeiras, onde foi reserva na conquista da Libertadores de 1999.

A lista foi elaborada a partir de uma enquete no Instagram do Grupo Bairrista, que levou em conta a opinião dos torcedores acerca dos melhores estrangeiros da história do Grêmio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

mais lidas

Especial: Jogadores Vira-Casaca na década de 90

Na primeira parte desta matéria mostramos os 25 jogadores que viraram a casaca no século 21. Agora, chegou a vez dos anos 90, que...

Desenvolvedores criam mapa de corrida de carro baseado em Porto Alegre

Já pensou em disputar uma corrida de carro na orla do Guaíba? Ou então passear em alta velocidade pelo Beira-Rio e Arena do Grêmio?...

Jogadores do Grêmio publicam nota conjunta: “Nos respeitem!”

Após o Grêmio divulgar o adiamento de parte dos vencimentos dos jogadores, os atletas tricolores foram às redes sociais comentar sobre o assunto. Publicaram...

Terça-feira marcada por treinamentos físicos no CT Luiz Carvalho

Nesta terça-feira o foco do treinamento gremista no CT Luiz Carvalho é o trabalho de musculação e atividades aeróbicas. os jogadores foram orientados pela...